domingo, 28 de fevereiro de 2010

Shutter Island - A Ilha do Medo


1954, o pico da Guerra Fria, os agentes Teddy Daniels (Leonardo DiCaprio) e Chuck Aule  (Mark Ruffalo) são convocados a "Shutter Island" para investigar o improvável desaparecimento de uma criminosa do impenetrável Ashecliffe Hospital.
Rodeados por circunspectos psiquiatras e perigosos pacientes psicopatas, eles vêem-se envolvidos numa atmosfera misteriosa e volátil que sugere que nada é o que parece… Com um furacão a aproximar-se da ilha, a investigação progride rapidamente. No entanto, à medida que a tempestade aumenta de intensidade, as suspeitas e os mistérios multiplicam-se, cada um mais terrível e tenebroso que o anterior. Há indicações e rumores de conspirações sombrias, sórdidas experiências médicas, alas secretas, controlo mental e inclusive de algo sobrenatural.
Movendo-se nas sombras do hospital, assombrado pelos terríveis actos dos seus instáveis habitantes e pelos desígnios desconhecidos dos igualmente suspeitos médicos, Teddy começa a sentir que, quanto mais fundo ele chega na investigação, mais perto está de se ver confrontado com alguns dos seus mais profundos e devastadores medos. E apercebe-se também que poderá não sair vivo daquela ilha...

Muse - Resistance



Is your secret safe tonight?
And are we out of sight?
Or will our world come tumblin' down?
Will they find our hiding place?
Is this our last embrace?
Or will the walls start caving in?

(It could be wrong, could be wrong)
But it should've been right
Let our hearts ignite
Are we digging a hole?
This is outta control
It could never last
Must erase it fast
But it could've been right
(It could be wrong, could be)

Love is our resistance
They keep us apart and they won't stop breaking us down
And hold me, our lips must always be sealed

If we live our life in fear I'll wait a thousand years
Just to see you smile again
Quell your prayers for love and peace
You'll wake the thought police
We can hide the truth inside

(It could be wrong, could be wrong)
But it should've been right
Let our hearts ignite
Are we digging a hole?
This is outta control
It could never last
Must erase it fast
But it could've been right
(It could be wrong, could be)

Love is our resistance
They keep us apart and won't stop breaking us down
And hold me, our lips must always be sealed

The night has reached its end
We can't pretend, we must run
We must run It's time to run ..
Take us away from here
Protect us from further harm
Resistance

Como Amar ???

"Não é amar as raparigas tratá-las como seres que não entendem senão as suas lisonjas e as suas anedotas; só as amará e só elas o poderão amar a você, para além das enganadoras aparências, quando a sua alma se lhes abrir, e com todos os seus problemas, todas as suas angústias, toda a sua seriedade, toda a sua gravidade humana."

Silva, Agostinho in "Sete Cartas a um Jovem Filósofo"

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Guns N' Roses - You could be mine


I'm a cold heartbreaker
Fit ta burn and I'll rip your heart in two
An I'll leave you lyin' on the bed
I'll be out the door before ya wake
It's nuthin' new ta you
'Cause I think *we've seen that movie too

'Cause you could be mine
But you're way out of line
With your bitch slap rappin'
And your cocaine tongue
You get nuthin' done
I said you could be mine


Now holidays come and then they go
It's nothin' new today
Collect another memory
When I come home late at night
Don't ask me where I've been
Just count your stars I'm home again

'Cause you could be mine
But you're way out of line
With your bitch slap rappin'
And your cocaine tongue
You get nuthin' done
I said you could be mine

You've gone sketchin' too many times
Why don't ya give it a rest
Why
Must you find
Another reason to cry

While you're breakin' down my back n'
I been rackin' out my brain
It don't matter how we make it
'Cause it always ends the same
You can push it for more mileage
But your flaps r' wearin' thin
And I could sleep on it 'til mornin'
But this nightmare never ends
Don't forget to call my lawyers
With ridiculous demands
An you can take the pity so far
But it's more than I can stand
'Cause this couchtrip's gettin' older
Tell me how long has it been
'Cause 5 years is forever
An you haven't grown up yet

You could be mine
But you're way out of line
With your bitch slap rappin'
And your cocaine tongue
You get nuthin' done
I said you could be
You should be
You could be mine

Yeah!

Artes Marciais - Karate Goju Ryu - Parte IV

Kata

A kata é uma sequência de movimentos que contêm uma série lógica e prática de técnicas de ataque e defesa. Em cada kata existe um número pré-determinado de movimentos que o aluno pode praticar sozinho, sem um companheiro. As katas foram criadas por anteriores Mestres, depois de muitos anos de pesquisa, treino e real experiência de combate.
Quase todas as katas de Goju-Ryu foram transmitidas pelo Sensei Kanryo Higaonna, exceptuando as katas Gekisai dai ichi, Gekisai dai ni, Tensho e a actual versão da Sanchin, a principal kata do estilo.
Existem dois agrupamentos das katas de Goju-Ryu: as katas Heishugata e as katas Kaishugata.
As katas heishugata significam literalmente "kata de mãos fechadas". Na realidade o significado é o constante estado de contracção mantido ao longo de toda a kata, isto é, "fechar" ou contrair os músculos. Este tipo de katas desenvolve a força física, resistência e controle da respiração. As katas heishugata são a Sanchin e a Tensho.
As katas kaishugata significam literalmente "kata de mão aberta". Neste tipo de kata os músculos mantêm-se "abertos" ou relaxados permitindo movimentos rápidos e fluídos. A contracção dos músculos do corpo e a concentração do poder em Tanden ocorre num momento da execução de cada técnica. Todas a outras katas de Goju-Ryu, excepto a Sanchin e a Tensho pertencem a esta categoria.

As Katas do Karate Goju Ryu (De Cinto Branco a Cinto Negro)

Gekisai dai ichi / Gekisai dai ni

Gekisai significa ataque e destruição. Estas katas, foram inicialmente introduzidas pelo Sensei Chojun Miyagi em 1940 e o seu nome fica a dever-se à época em que estas foram criadas, o periodo da 2ª Guerra Mundial, Dai Ichi - número um, Dai Ni - número dois.




Saifa

Saifa significa romper e esmagar ou esmagar e partir em bocados. Esta kata é de origem chinesa e foi trazida para Okinawa pelo Sensei Kanryo Higaonna. Ataques para os lados e técnicas de libertação são realçados nesta kata. Os ataques são circulares com movimentos livres nas articulações do pulso, cotovelo e ombro como um chicote aumentando a velocidade e força.







Seiyunchin

Seiyunchin
significa Controlar e puxar. Esta kata é caracterizada pela respiração e movimentos lentos com muchimi. Todos os movimentos são técnicas de mãos, sem pontapés. Esta kata dá ênfase às posições fortes e estáveis e tal com o seu nome diz, existem muitas técnicas de puxar e atacar.



Sanchin

Sanchin
significa três batalhas. A batalha entre o corpo, mente e espírito. Este kata ajuda à correcta respiração, kime, foco e força, bem como uma grande resistência ao impacto através do treino contínuo.



Shisochin

Shisochin,
significa ataque a quatro portas ou ataques e defesas em quatro direcções. Também de origem chinesa, esta kata foi ensinada ao Sensei Kanryo Higaonna pelo Sensei Ryu Ryu Ko. Movimentos de esquiva e de empurrar são realçados por movimentos de anca acentuados. Para além de técnicas de empurrão para distanciar o oponente, esta kata contém também técnicas de corpo a corpo, tais como ataques e chaves às articulações.

Tensho

Ten significa rodar e
Sho significa mão aberta. Este kata foi desenvolvido pelo Sensei Chojun Miyagi da kata Rokkishu do estilo chinês garça branca. Rokkishu significa seis mãos e denota as diferentes posições de mãos nesta kata. Tensho combina os movimentos com suavidade.
É a combinaçao entre a tensão com uma forte respiração e movimentos de mãos suaves e fluidos.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

The Doors - L.A. Woman




Well, I just got into town about an hour ago
Took a look around, see which way the wind blow
Where the little girls in their Hollywood bungalows

Are you a lucky little lady in the City of Light
Or just another lost angel...City of Night
City of Night, City of Night, City of Night, woo, c'mon

L.A. Woman, L.A. Woman
L.A. Woman Sunday afternoon
L.A. Woman Sunday afternoon
L.A. Woman Sunday afternoon
Drive thru your suburbs
Into your blues, into your blues, yeah
Into your blue-blue Blues
Into your blues, ohh, yeah

I see your hair is burnin'
Hills are filled with fire
If they say I never loved you
You know they are a liar
Drivin' down your freeways
Midnite alleys roam
Cops in cars, the topless bars
Never saw a woman...
So alone, so alone
So alone, so alone

Motel Money Murder Madness
Let's change the mood from glad to sadness

Mr. Mojo Risin', Mr. Mojo Risin'
Mr. Mojo Risin', Mr. Mojo Risin'
Got to keep on risin'
Mr. Mojo Risin', Mr. Mojo Risin'
Mojo Risin', gotta Mojo Risin'
Mr. Mojo Risin', gotta keep on risin'
Risin', risin'
Gone risin', risin'
I'm gone risin', risin'
I gotta risin', risin'
Well, risin', risin'
I gotta, wooo, yeah, risin'
Woah, ohh yeah

Well, I just got into town about an hour ago
Took a look around, see which way the wind blow
Where the little girls in their Hollywood bungalows

Are you a lucky little lady in the City of Light
Or just another lost angel...City of Night
City of Night, City of Night, City of Night, woah, c'mon

L.A. Woman, L.A. Woman
L.A. Woman, your my woman
Little L.A. Woman, Little L.A. Woman
L.A. L.A. Woman Woman
L.A. Woman c'mon

Aleluia

Era a mulher — a mulher nua e bela,
Sem a impostura inútil do vestido
Era a mulher, cantando ao meu ouvido,
Como se a luz se resumisse nela...
Mulher de seios duros e pequenos
Com uma flor a abrir em cada peito.
Era a mulher com bíblicos acenos
E cada qual para os meus dedos feito.
Era o seu corpo — a sua carne toda.
Era o seu porte, o seu olhar, seus braços:
Luar de noite e manancial de boda,
Boca vermelha de sorrisos lassos.
Era a mulher — a fonte permitida
Por Deus, pelos Poetas, pelo mundo...
Era a mulher e o seu amor fecundo
Dando a nós, homens, o direito à vida!

Pedro Homem de Mello in "Miserere"

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Billy Idol - Speed


Running from the nightmare
In the middle of the road
Hell's no place for sleeping
In a world beyond control
Caught in the headlights
Coming after you
When I woke up this morning
I had to do what
I gotta do Blast me to Heaven
for loving you
Blast me to Heaven
for loving you

Speed
Give me what I need
Yeah
White lightning
Let's speed, on speed
On wheels, on wheels
Speed
Oh, let it bleed
Yeah
Greased lightning
Let's speed, on speed
On wheels, on wheels

 I've seen a train full of pain
On the edge of overload
We're in Heaven, baby
You are gonna implode
I've got these crazy feelings
That I can't explain
I've gotta save you baby
Or I'll die in vain
Blast me to Heaven
for loving you
I said blast me to Heaven
just for loving you

I said speed
Give me what I need
Yeah
White lightning
Let's speed, on speed
On wheels, on wheels
Speed
Oh, let it bleed
Yeah
Greased lightning
Let's speed, on speed
On wheels, on wheels

Blast me to Heaven
for loving you
I said blast me to Heaven
for loving you

Now I'm rushing on the run, yeah
I wanna have me some fun
I'll speed
Give me what I need
Oh, set me free
Let's speed
On wheels, on wheels, on wheels
Said speed
Oh, let it bleed
Yeah
White lightning
Let's speed, on speed
On wheels, on wheels
Com'on
I said speed, speed
Give me what I need
I said speed, speed
Give me what I need
Alright

Para Além da Curva da Estrada

Para além da curva da estrada
Talvez haja um poço, e talvez um castelo,
E talvez apenas a continuação da estrada.
Não sei nem pergunto.
Enquanto vou na estrada antes da curva
Só olho para a estrada antes da curva,
Porque não posso ver senão a estrada antes da curva.
De nada me serviria estar olhando para outro lado
E para aquilo que não vejo.
Importemo-nos apenas com o lugar onde estamos.
Há beleza bastante em estar aqui e não noutra parte qualquer.
Se há alguém para além da curva da estrada,
Esses que se preocupem com o que há para além da curva da estrada.
Essa é que é a estrada para eles.
Se nós tivermos que chegar lá, quando lá chegarmos saberemos.
Por ora só sabemos que lá não estamos.
Aqui há só a estrada antes da curva, e antes da curva
Há a estrada sem curva nenhuma.

Alberto Caeiro in "Poemas Inconjuntos"

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Clan of Xymox - A Day


Where are you
When I am needing you
So far away
So far away
I think you're the most important
To me, To me
Where are you?
So far away
It makes no sense
It makes no sense at all
Ha
Where are you? Ha
Ha
Where are you
So far away
I think you're the most important
To me, To me
My sunken footsteps put their selves on
Through this gallery of deceased
I think their lives must be deceived
Like the sham nowadays
Nowadays
Nowadays
Nowadays
Nowadays
Where are you
So far away
For Just One Day
Just One Day
Just One Day
It makes no sense at all
It makes no sense at all
Just One Day
In Just One Day
In Just One Day
In Just One Day
In Just One Day

A Mulher Nua


Humana fonte bela,
repuxo de delícia entre as coisas,
terna, suave água redonda,
mulher nua: um dia,
deixarei de te ver,
e terás de ficar
sem estes assombrados olhos meus,
que completavam tua beleza plena,
com a insaciável plenitude do seu olhar?

(Estios; verdes frondas,
águas entre as flores,
luas alegres sobre o corpo,
calor e amor, mulher nua!)

Limite exacto da vida,
perfeito continente,
harmonia formada, único fim,
definição real da beleza,
mulher nua: um dia,
quebrar-se-á a minha linha de homem,
terei que difundir-me
na natureza abstracta;
não serei nada para ti,
árvore universal de folhas perenes,
concreta eternidade!

Juan Ramón Jiménez in "La Mujer Desnuda"
Tradução de José Bento

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Pixies - I Bleed

as loud as hell
a ringing bell
behind my smile
it shakes my teeth
and all the while
as vampires feed
  I bleed

prithee, my dear,
why are we here
nobody knows
we go to sleep
as breathing flows
my mind secedes
  I bleed

there's a place
in the buried west
in a cave
with a house in it
in the clay
the holes of hands
you can place
a hand in hand
in bleed

Ego Liberto



"O Eu procura libertar-se eliminando todos os obstáculos à sua passagem. Em parte é livre, em parte é determinado. Numa palavra a vida é um esforço no sentido da liberdade."


Iqbal, Muhamad
 

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Lynyrd Skynyrd - Simple Man

Aparência



"A maneira mais fácil e mais segura de vivermos honradamente, consiste em sermos, na realidade, o que parecemos ser."
Sócrates

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Billy Idol - Scream


Ooh yeah

You can fill my cup
You can fill my bowl
This train is ready to roll
Your eyes of fire
Have stolen my soul
Still coming back for more
You are the lock
I am the key
Climb up my lemon tree
You are the one
You’re on your knees
You are my little queen
You know just what I mean
Climb up my lemon tree

Make me scream
All night, all night long
Gonna get extreme
All night, all night long
Make me scream
All night, all night long
Gonna get obscene
All night
All night long
All night
All night long

Pretty baby in the back of my car
Look now, you’ve gone too far
Have a slice of my lemon pie
One more will get you high

You wanna know
You wanna see
How much you can squeeze

You are the one
You are a tease
You love my demon seed
You know just what I mean
Climb up my lemon tree

Make me scream
All night, all night long
Gonna get extreme
All night, all night long
Make me scream
All night, all night long
Gonna get obscene
All night
All night long
All night
All night long

Suck it

You took me in the wild
No one around for miles
You ain’t too proud to beg
Juice runnin’ down my leg
I want a chick who makes me feel
Hmm, closer dear
I want you to be free
I want you lovin’ me
I want to hear you scream
I want you just like me

Make me scream
All night, all night long
Gonna get extreme
All night, all night long
Make me scream
All night, all night long
Gonna get obscene
All night
All night long
All night
All night long

One more time now

Make me scream
All night, all night long
Gonna get extreme
All night, all night long
Make me scream
All night, all night long
Gonna get obscene
All night
All night long
All night
All night long

Retrato Ardente


Entre os teus lábios 
é que a loucura acode 
desce à garganta, 
invade a água. 

No teu peito 
é que o pólen do fogo 
se junta à nascente, 
alastra na sombra. 

Nos teus flancos 
é que a fonte começa 
a ser rio de abelhas, 
rumor de tigre. 

Da cintura aos joelhos 
é que a areia queima, 
o sol é secreto, 
cego o silêncio. 

Deita-te comigo. 
Ilumina meus vidros. 
Entre lábios e lábios 
toda a música é minha. 

Eugénio de Andrade in "Obscuro Domínio"

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Simple Minds - Waterfront


Get in, get out of the rain
I'm goin' to move on up to the Waterfront
Step in, step out of the rain
I'm goin' to walk on up to the Waterfront
Said, one million years from today
I'm goin' to step on up to the Waterfront
Get in, get out of the rain
Come in, come out of the rain

So far, so good, so close, yet still so far
So far, so good, so close, yet still so
So far, so far, so far

The rain, I'm going to move on up to the Waterfront
Step in, step out of the rain
I'm going to walk on up to the Waterfront
Said, one million years from today
Step on up to the Waterfront
Said, come in, come out of the rain
Said, come in, come out of the rain
Said, come in, come out of the rain
I'm goin' to move on up to the front
I'm goin' to walk on up to the front
I'm goin' to live on up by the front
I'm goin' to walk on up to the front
Come in, come out of the rain
Come in, come out of the rain
Said, come in, come out of the rain
Come in, come out of the rain

Move on up, to step on up
Walk on up, live on up
Far away, far away, far away
So, walk away, so far, I walk away
So, so, walk away, up to the Waterfront
Up to the Waterfront
So far, so far

Artes Marciais - Karate Goju Ryu - Parte III

A Sucessão no Goju Ryu 

Jin`na Shinzato era excepcionalmente talentoso e Chojun Miyagi tinha-o escolhido para a sua sucessão como Mestre na escola em Okinawa, porém Shinzato viria a morrer tragicamente durante a IIª Guerra Mundial. Mais tarde, já depois do fim da guerra, Chojun Miyagi, escolheu o mestre Meitoku Yagi e Anichi Miyagi para o suceder em Okinawa e a Gogen Yamaguchi para o suceder na principal ilha, o Japão, tomando conta da Escola Goju Kai, para que todos garantissem a passagem do legado do Goju Ryu à próxima geração. Chojun Miyagi faleceu deixando um grande legado atrás dele, tendo previsto que durante o século XX o Karate seria divulgado por todo o mundo. Hoje em dia podemos ver que Chojun Miyagi estava certo, pois não é só no Japão que se pratica o Karate mas sim por todo o mundo. O Karate não pode voltar jamais a ser referido como uma arte marcial de Okinawa ou do Japão, mas sim uma arte marcial que ultrapassou fronteiras, uma arte de todas as nações e de todas as pessoas do mundo. 

Anichi Miyagi 

O Mestre Anichi Miyagi nasceu a 9 de Fevereiro de 1931 em Naha, capital de Okinawa, começando a praticar Karate juntamente com mais três amigos no Dojo do jardim do fundador do Goju Ryu, Mestre Chojun Miyagi em Tsuboya-Cho (distrito de Naha) em Fevereiro de 1948 com a idade de 17 anos. Nesta época, Anichi Miyagi trabalhava na base aérea de Kadena (uma das muitas instalações americanas em Okinawa. Os seus pais tinham falecido e ele tinha a responsabilidade de trabalhar arduamente para conseguir sustentar a sua família após a IIª Guerra Mundial. Por esta altura o Mestre Chojun Miyagi começou a leccionar Karate três vezes por semana na Academia de Policia de Naha. Quando terminava as aulas na academia e nos seus dias livres dedicava-se a ensinar em sua casa. Anichi Miyagi sempre que tinha tempo livre estava sempre na casa do seu Mestre e nestas visitas não se dedicava somente aos treinos de Karate, dedicava-se à limpeza da casa e do jardim do seu mestre bem como de qualquer coisa que este necessitasse. Um ano mais tarde os três amigos que com ele haviam começado os treinos de Karate desistiram e assim Anichi continuou sozinho. A sua dedicação tanto em relação ao seu mestre como a prática do Karate impressionaram de tal maneira o Mestre Chojun Miyagi que este alterou a sua de o ensinar, passando a faze-lo de forma mais detalhada e profunda. O Mestre Chojun Miyagi passava horas a falar com o seu protegido, consolidando esta relação entre ambos de tal forma que Anichi foi considerado seu “uchi deshi”. Em 1951 entraram novos alunos para treinar no dojo do jardim do Mestre Chojun e quando todas as aulas terminavam e todos tinham ido para casa, os treinos prosseguiam mas agora só com Anichi Miyagi, passando-lhe todo o treino, técnicas mais aprofundadas e significativas do Goju Ryu. Estes treinos não eram só de carácter físico, o seu Mestre falava-lhe de muitos temas tais como história, cultura, sociedade, relações humanas, etc. As Kata e o Bunkai (aplicações das Kata) eram-lhe ensinadas e explicadas com bastante minúcia, dizendo-lhe que nem Jiru (referindo-se ao Mestre Shinzato) tinha recebido explicações tão aprofundadas como as que ele estava a receber, daí que Anichi devesse continuar a praticar estes ensinamentos dia após dia com mais coração. O Mestre Anichi Miyagi tinha-se tornado o aluno do Mestre Chojun que tinha recebido os ensinamentos de forma mais personalizada, detalhada e cuidada acerca de todas as Kata do Goju Ryu (desde a Gekisai Dai Ichi até a Superinpei). Antes da IIª Guerra Mundial o Mestre Chojun Miyagi tinha viajado com o intuito de difundir o Karate pelo Japão e pelo resto do mundo, dedicando-se a investigação e ao treino pessoais de maneira a poder desenvolver de futuro o Goju Ryu, porém passada a guerra e durante o período compreendido entre1948 e 1953 permaneceu em Okinawa e mudou de ideias decidindo transmitir os princípios secretos do Goju Ryu (Gokui) para as seguintes gerações. Assim, Anichi começou a receber todos os conhecimentos que Chojun Miyagi tinha adquirido e acumulado durante todos aqueles anos da sua experiência nas artes marciais e desta forma todas as tardes até a sua morte Chojun dedicava-se a transmitir todos estes conhecimentos para que estes ficassem para a posteridade. O Mestre Anichi Miyagi vive na actualidade na sua cidade natal e continua a dar aulas de Karate no seu próprio dojo, que se chama simplesmente Goju Ryu, ainda que na realidade tenha só um verdadeiro aluno, ao qual se dedicou a passar todos os conhecimentos correctos do Goju Ryu, este aluno é o Mestre Morio Higaonna. 

Morio Higaonna 

O Mestre Morio Higaonna, actualmente 10º dan e Instrutor chefe da IOGKF - Federação Internacional de Okinawa Goju-Ryu Karate-Do, nasceu a 25 de Dezembro de 1938 em Naha, a capital de Okinawa. Ele começou a treinar aos 14 anos, mas só aos 16 anos começou a treinar Goju-Ryu, com o Mestre Anichi Miyagi, o estudante mais erudito e devoto do fundador do Goju Ryu Chojun Miyagi. Através de longas horas de árduo treino e com enorme dedicação, que é rara inclusive nos maiores mestres, o Mestre Morio Higaonna rapidamente estabeleceu-se como um dos melhores karatecas da ilha. Em 1960, com 22 anos, foi para Tóquio, para estudar comércio na Universidade de Takushoku. O Mestre Higaonna foi convidado a ensinar no dojo de Yoyogi em Tóquio onde cedo atraiu muitos karatecas dedicados para alunos, chegando em algumas ocasiões a ensinar até mil estudantes por dia. Vinham de todo o mundo para treinar com o Mestre Higaonna e como resultado foi criada a International Okinawa Goju Ryu Karate Do Federation (IOGKF) em 1979, estando agora sediada em mais de 30 países de todo o mundo. Treinar tem sido sempre o tema central da vida do Mestre Morio Higaonna. Nunca procurou a notariedade nas artes marciais e a sua reputação é simplesmente o resultado das suas soberbas técnicas, capacidades e o domínio desta arte, o qual só é ultrapassado pela sua genuína modéstia e humildade.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Art of Noise - Camilla

Horas Rubras


Horas profundas, lentas e caladas
Feitas de beijos rubros e ardentes,
De noites de volúpia, noites quentes
Onde há risos de virgens desmaiadas...

Oiço olaias em flor às gargalhadas...
Tombam astros em fogo, astros dementes,
E do luar os beijos languescentes
São pedaços de prata p'las estradas...

Os meus lábios são brancos como lagos...
Os meus braços são leves como afagos,
Vestiu-os o luar de sedas puras...

Sou chama e neve e branca e mist'riosa...
E sou, talvez, na noite voluptuosa,
Ó meu Poeta, o beijo que procuras!


Florbela Espanca in "Livro de Sóror Saudade"

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Kasabian - Fire


Shake me into the night
And I'm an easy lover
Take me into the fight
And I'm an easy brother
And I'm on fire

Burn my sweet effigy
I'm a road runner
Spill my guts on a wheel
I wanna taste uh-huh
And I'm on fire
And I'm on fire

And I'm on fire...
(Im going, you tell me, I feel it, I say it
I'm heading back into the tunnel for my soul to burn)
And I'm on fire...
(I'm coming, you coming, no hiding, my feeling
I wanna take it to the highest over me, yeah...)
Whoo Whoo
Whoo Whoo

Wire me up to machines
I'll be your prisoner
Find it hard to believe
You are my murderer
I'm on fire behind you
Heads a fallen sky

And I'm on fire...
(Im going, you tell me, I feel it, I say it
I'm heading back into the tunnel for my soul to burn)
And I'm on fire...
(I'm coming, you coming, no hiding, my feeling
I wanna take it to the highest over me, yeah...)

And I'm on fire...
I'm on fire...

Move on, you got to move on
You got to hit 'em to the hip
And get your shake on

Move on, you got to move on
You got to hit 'em to the hip
And get your shake on

(I feel it, I want it, I'm coming,

I tell ya, I caught the bullet from the heavens to the one you serve,
I'm going, I'm running, out to the highest love
I'm wanna hit you to the hip...

(I'm on fire...)
Move on, you got to move on
You got to hit 'em to the hip
And get your shake on

(I'm on fire...)
Move on, you got to move on
You got to hit 'em to the hip
And get your shake on

Duplo Império

Atravesso as pontes mas
(o que é incompreensível)
não atravesso os rios,
preso como uma seta
nos efeitos precários da vontade.
Apenas tenho esta contemplação
das copas das árvores
e dos seus prenúncios celestes,
mas não chego a desfazer
as flores brancas e amarelas
que se desprendem.
As estações não se conhecem,
como lhes fora ordenado,
mas tecem o duplo império
do amor e da obscuridade.

Pedro Mexia

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Clan Of Xymox - No Words


Out in the night
It could be fun
It could be fun
It could be fun

No words to explain
No words in my mouth
No words in my mind
But the gesture said it all
And the words refined it all

I saw how you looked at me
I saw how you danced with her
I saw how you looked at me
I saw how you danced with her
I saw it before
I saw it before


Right now, I guess you move
I saw it before
I saw it before that time
But the gesture said it all
And the words refined it all

I saw how you looked at me
I saw how you danced with her
I saw how you looked at me
I saw how you danced with her
I saw it before
I saw it before

Right now, I guess you move
I saw it before

O Guerreiro


"Um braço vigoroso não é mais aguerrido contra a lança do que um braço frágil; são o carácter e a coragem que fazem o guerreiro."

Eurípedes

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

U2 - Twilight


I look into his eyes
They're closed but I see something
A teacher told me why
I laugh when old men cry

My body grows and grows
It frightens me you know
The old man tried to walk me home
I thought he should have known

Twilight...
Twilight, lost my way
Twilight, can't find my way

In the shadow boy meets man
In the shadow boy meets man
In the shadow boy meets man
In the shadow boy meets man

I'm running in the rain
I'm caught in a late night play
It's all; it's everything
I'm soaking through the skin

Twilight...darkened day
Twilight...lost my way
Twilight...night and day
Twilight...can't find my way

Can't find your way
Can't find my way
Can't find your way

Twilight...darkened day
Twilight...lost my way
Twilight...night and day
Twilight...can't find my way

In the shadow boy meets man
In the shadow boy meets man
In the shadow boy meets man
In the shadow boy meets man

Luz Interior

"Creio que o homem sonha unicamente para não deixar de ver; pode acontecer que um dia jorre a luz interior em nós e nenhuma outra nos será mais necessária."
Goethe , Johann

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Smashing Pumpkins - Today


Today is the greatest
Day I've ever known
Can't live for tomorrow,
Tomorrow's much too long
I'll burn my eyes out
Before I get out

I wanted more
Than life could ever grant me
Bored by the chore
Of saving face

Today is the greatest
Day I've never known
Can't wait for tomorrow
I might not have that long
I'll tear my heart out
Before I get out

Pink ribbon scars
That never forget
I tried so hard
To cleanse these regrets
My angel wings
Were bruised and restrained
My belly stings

Today is
Today is
Today is
The greatest day

I want to turn you on
I want to turn you on
I want to turn you on
I want to turn you

Today is the greatest
Today is the greatest day
Today is the greatest day
That I have ever really known

As Rosas


Rosas que desabrochais, 
Como os primeiros amores, 
Aos suaves resplendores 
Matinais; 

Em vão ostentais, em vão, 
A vossa graça suprema; 
De pouco vale; é o diadema 
Da ilusão. 

Em vão encheis de aroma o ar da tarde; 
Em vão abris o seio úmido e fresco 
Do sol nascente aos beijos amorosos; 
Em vão ornais a fronte à meiga virgem; 
Em vão, como penhor de puro afeto, 
Como um elo das almas, 
Passais do seio amante ao seio amante; 
Lá bate a hora infausta 
Em que é força morrer; as folhas lindas 
Perdem o viço da manhã primeira, 
As graças e o perfume. 
Rosas que sois então? – Restos perdidos, 
Folhas mortas que o tempo esquece, e espalha 
Brisa do inverno ou mão indiferente. 

Tal é o vosso destino, 
Ó filhas da natureza; 
Em que vos pese à beleza, 
Pereceis; 
Mas, não... Se a mão de um poeta 
Vos cultiva agora, ó rosas, 
Mais vivas, mais jubilosas, 
Floresceis. 


Machado de Assis in "Crisálidas"

domingo, 14 de fevereiro de 2010

O Amor é Selvagem

Amor ou a inconstância de ser, amor ou crer ser alguém para além do ser físico, amor conjugação de ideias e ideais ou a essência do sentimento, alma e coração. Haja na vida um qualquer traçado e a sua existência é um facto…não se vive com e sem ele…o Amor.
Por vezes apagado, outras vezes incandescente e noutras ainda um mar de chamas, mas a irrealidade do seu percurso muitas vezes faz-nos ver tarde demais onde estamos e por onde fomos. Na realidade o amor é ambíguo não existimos plenos em nós próprios sem ele, mas quando o temos consumimo-lo rapidamente tal qual um rastilho e este esvaísse em toda a sua natureza, apagando-se com extrema facilidade o que tanto tempo nos levou a encontrar. 
É, pois, incrível o sentir interior, o turbilhão de emoções que nos acomete a alma e leva o nosso corpo a tomar acções que não conseguimos controlar e é neste estado quase que letárgico e efusivo simultaneamente que procuro estar. Inexplicável por palavras, o amor é nas doses certas um elixir e em demasia uma droga potente que nos maniata. Não encontrei ainda qual a dose certa para coexistir com o amor mas perdi-me em momentos únicos de elevação contemplativa, onde o espírito ascende, liberta-se da matéria e somos pura alma sentimento, contudo nunca se pode esquecer que: O Amor é Selvagem…
UnKnown Soldier

sábado, 13 de fevereiro de 2010

The Nephilim

Yo vi unos bellos ojos, que hirieron


Yo vi unos bellos ojos, que hirieron 
con dulce flecha un corazón cuitado, 
y que para encender nuevo cuidado 
su fuerza toda contra mí pusieron.

Yo vi que muchas veces prometieron 
remedio al mal, que sufro no cansado, 
y que cuando esperé vello acabado, 
poco mis esperanzas me valieron.

Yo veo que se asconden ya mis ojos 
y crece mi dolor y llevo ausente 
en el rendido pecho el golpe fiero.

Yo veo ya perderse los despojos 
y la membrana de mi bien presente 
y en ciego engaño de esperanza muero.

Fernando de Herrera

Artes Marciais - Karate Goju Ryu - Parte II




Chojun Miyagi e o Goju Ryu


O grande mestre Chojun Miyagi nasceu em 25 de Abril se 1888 no seio de uma família Aristocrática detentora de um negócio de importação e exportação e possuindo dois navios que faziam viagens regulares para o território continental Chinês, colocando-a desta forma entre as mais ricas da região.
Em 1902 com 14 anos começou a treinar Karate com Kanryo Higaonna e tal como o seu Mestre demonstrou talento natural e forte determinação, progredindo de forma alucinante na aprendizagem das Artes Marciais. O treino que Higaonna sujeitava os seus alunos era de uma dureza e severidade extrema muito para lá da imaginação de qualquer pessoa, mas esse facto fazia com que Chojun praticasse karate com ainda maior afinco, mais arduamente e com maior entusiasmo do que todos os outros. Como figura destacada do Dojo tornou-se “uchi deshi” de Kanryo Higaonna, estudando e aperfeiçoando a sua técnica com o seu Mestre durante catorze anos até 1915, quando o Mestre Higaonna faleceu.
Como sucessor de Higaonna e do seu legado, o Naha-Te, Chojun Miyagi sublimou-se e aplicou-se até ao seu limite de resistência à arte marcial aprendida, numa tentativa de emular as extraordinárias capacidades do seu falecido Mestre. Com este intuito, nesse mesmo ano de 1915 viajou para Fuzhou na China (tendo sido uma das três viagens que iria realizar a China durante a sua vida) onde Kanryo Higaonna havia estudado artes marciais com vista a poder aprofundar a sua pesquisa e conhecimento das mesmas.
No regresso da sua viagem a Okinawa começou a ensinar artes marciais em sua casa, vindo mais tarde a leccionar no Centro de Treinos da Policia da Prefeitura de Okinawa, na Universidade para Professores e na Escola Secundária Comercial de Naha (onde o seu Mestre já havia ensinado).
Chojun Miyagi trabalhou arduamente para fomentar o Karate em Okinawa e na principal ilha do arquipélago, o Japão, para que o Naha-Te conseguisse um estatuto semelhante aquele já conseguido pelas altamente respeitadas artes marciais Japonesas da altura que eram o Judo e o Kendo.
Nesta senda viajou inúmeras vezes para o Japão, onde foi convidado a leccionar Karate na Universidade de Kyoto e na Universidade Ritsumei Kan.

O nome Goju Ryu


O nome Goju Ryu surgiu mais por acaso do que de uma forma deliberada. Em 1930 um dos melhores alunos de Chojun Miyagi de seu nome Jin`na Shinzato encontrava-se numa convenção de artes marciais em Tóquio, quando foi interpelado por vários outros mestres de artes marciais, os quais queriam saber qual era o estilo e a escola de artes marciais a que ele pertencia. Uma vez que o Naha-Te não tinha nome formal ele não podia responder a esta pergunta, mas contudo sentindo que a sua arte marcial iria ser vista de forma negativa e rebaixada a um estatuto amador, rapidamente escolheu o nome de Hankry Ryu, que significava o Estilo do Meio Duro.
No seu regresso a Okinawa informou o seu mestre, Chojun Miyagi, deste incidente, tendo este último gostado da ideia de Shinzato, mas levando contudo esta sua ideia um pouco mais avante após exame minucioso chamando-lhe Goju Ryu (Estilo que mistura formas "rígidas, duras" (Go) com formas "suaves" (Ju).
Este exame minucioso e respectivo nome surgiu de um trecho do Bubishi (Um texto clássico Chinês de artes marciais). Este trecho que aparece em forma de poema descreve os Oito Preceitos das Artes Marciais, e lê-se “Ho Goju Donto”, que significa “O modo de inalar e exalar é dureza e suavidade”.
Todo o poema diz o seguinte:

1.      A mente está em uníssono com o céu e a terra;
2.      O ritmo circulatório do corpo é semelhante ao ciclo do sol e da lua;
3.      O modo de inalar e exalar é dureza e suavidade;
4.      Age de acordo com o tempo e a mudança;
5.      As técnicas iram surgir na abstenção de pensamentos conscientes;
6.      Os pés devem avançar e recuar, separar-se e unir-se;
7.      Aos olhos não lhes escapa o mínimo movimento;
8.      Os ouvidos escutam bem em todas as direcções.

Em 1933, o Karate, foi registado como arte marcial no Butokukai, Centro de Artes Marciais no Japão. Marco importantíssimo na história do Karate, pois passou a ser reconhecido a um nível superior, sendo altamente respeitado como as outras artes marciais japonesas de então.
Tal como o seu Mestre, Chojun Miyagi, dedicou a sua vida ao Karate, sendo o responsável por estruturar o Naha-Te (ao qual mais tarde viria a denominar de Goju Ryu) numa disciplina sistematizada que poderia vir a ser ensinada ao público em geral. Esta sistematização por ele formulada permitiu que o Karate fosse ensinado nas escolas para benefício dos jovens e de forma a atingir um vasto número de pessoas por todo o mundo. Contudo o ensino privado da “essência da arte” permaneceu restrito a sua casa em ordem a fazer cumprir os princípios de ensino do seu Mestre, Kanryo Higaonna, e do Mestre antes deste, Ryu Ryu Ko.
Chojun Miyagi morreu a 8 de Outubro de 1953, ou de ataque cardíaco (a mais comum explicação) ou de hemorragia cerebral com a idade de sessenta e cinco anos.


Chojun Miyagi a ensinar a Kata Saifa




sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Fields of The Nephilim - Psychonaut


Pray now for how long
We're falling from ecstasy
Like changelings
Freedom returned for new souls
Here or after
Well enrapture me and i'll change
I stand alone inside you
I stand alone the skies bruised
Let it spill from my mouth
Sweet nectar for a thousand young
Are you ready for this -
Here i come
Pray now f
or ours, pray for me
who could you love

We're falling from ecstasy
And you deserve us Leviathan
you deserve us Leviathan
What are children now, but our curses come
And glory days, our kingdom come
You look ol
der, time stalls
Freedom sold us
Pray now for how long
Pray for me, who could you love
We're falling from ecstasy
And you deserve us Leviathan
You deserve us Leviathan
Pray for me
Let us gather hallucinations from our private minds
Let us wit
ness the reincarnation of the Sun

Amor Virtuoso


"O amor tem a virtude, não apenas de desnudar dois amantes um em face do outro, mas também cada um deles diante de si próprio."

Cesare Pavese

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Fields of The Nephilim - For Her Light

How lonely you are 
Waiting at the sunday park 
I'll elude you 
I will loose you 
Existing were no soul apart 
You stand - you stand on a platform 
Your effigy dissolves in my hands 
When I feel like someone to lie on 
And I feel like someone to rely on 
You can't wake up 
You can't wake up 
You can't wake up 
You can't wake up 
You can't wake up 
You can't wake up 

Illusions born of the air 
Something seems so precious there 
I'll elude you
I will loose you 
As rehersal of my despair 
When I feel like someone to lie on 
And I feel like someone to die on 
You can't wake up 
You can't wake up 
You can't wake up 
You can't wake up 
You can't wake up 
You can't wake up

El rubí de tu boca me rindiera

El rubí de tu boca me rindiera, 
a no haberme tu bello pie rendido; 
hubiéranme tus manos ya prendido, 
si preso tu cabello no me hubiera.

Los del cielo por arcos conociera 
si tus ojos no hubiera conocido; 
fuera tu pelo norte a mi sentido, 
si la luz de tus ojos no lo fuera.

Así le plugo al cielo señalarte, 
que no ya sólo al norte y arco bello 
tus cejas venzan y ojos soberanos;

mas, queriendo a ti misma aventajarte, 
tu pie la fuerza usurpa, y tu cabello 
a tu boca, Amarili, y a tus manos.

Francisco de Medrano




quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Fields of the Nephilim - And there Will Your Heart Be Also



we must suffer
to free our pain
can you help us
to find our way
you're here to stay
stay here in paradise
I'd end this moment
to be with you
through morphic oceans
I'd lay here with you
only to stay
stay here in paradise
only to stay son
lonely from this maelstrom
free are you
from this maelstrom
to be with you

Descripción de una Muchacha - Fragmento del Moallakah de Amralkeis

Delicada muchacha, refulgente,
de cuerpo enhiesto, pecho relevado,
como líquida plata rebruñido,
se aparta, y vuelve su apacible rostro,
mirando tiernamente, como suele
la recelosa madre del cervato;
su cuello, ornado en torno de collares,
al de la hermosa gacela se parece
cuando ufana pompea por el prado;
sus cabellos, adorno de sus hombros,
son negros, son negrísimos y espesos,
cual los densos racimos de la palma;
su cintura un cordón en lo delgado,
su pierna como ramo de palmera
regado de continuo por el agua,
esclarece las sombras de la noche,
cual la sagrada lámpara esplendente
de oculto vigilante solitario;
su faz, como perla roji-blanca,
alimentada en aguas cristalinas
no turbadas jamás de vïajantes.

Gaspar María de la Nava Álvarez, Conde de Noroña

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Fields of the Nephilim - She


The closer we serve her
The further we stay
Lost in the winter
Ghosts of today
Keep callin'
Keep cryin' her name
Keep callin'
Keep walkin' that way

When the rain is gone
We will wipe those tears away
Play the game with God
Then you'll wash those years away

Tears have turned to ice
(Turned to ice)
Feel you by my side
(Hear you cry)
Wanta hear you cry
(Not alone tonight)
Not alone tonight
(By my side)
Where is She?
Where is She?
Where is She?
Where is She?

We were never really here
We are....waiting for the rain here
And the rain will come
Gonna wipe those tears away
Rain wash away the fear
Then I'll lay you down
Gonna wash those years away
Waking in a thousand years
When the rain is gone
Gonna wipe those tears away
Washed are we of all your fears
The rain will fall
Gonna wash those years away
You and I were never here

Tears have turned to ice
(Tears from your eyes)
No one here but I
(Only dreams survive)
Nothing can survive
(Love will never die)
Ooo, are you in my life?
Be alone tonight
Tears have turned to ice
(Tears from your eyes)
Be the burning light
(Be the butterfly)
Never close your eyes
(...close your eyes)
Ooo, are you in my life?
Welcome to the light
Tears from your eyes
Searching all my life
To only say goodbye
Now I hear you cry
Tears have turned to life
She is come to light
Only dreams survive
Only dreams survive
Echoes through the ice
Echoes through the ice
Can you hear me?
Hear me
Cry...?

Cry

Asómate a mi alma


Asómate a mi alma
en momentos de calma,
y tu imagen verás, sueño divino,
temblar allí como en el fondo oscuro
de un lago cristalino.

 Junio 28-1883
José Asunción Silva

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Fields of the Nephilim - Love Under Will


I need to be alone tonight
Smother me or suffer
Lay down I'll die tonight
Smother me or suffer
When I'm gone wait here
Discover all of life's surprises
When I'm gone wait here
I'll send my child my last good smile
If you pass through my soul tonight
Gather all his troubles
Tomorrow's long eternal night
Gather for tomorrow
When I'm gone wait here
Discover all of earth's surprises
When I'm gone wait here
I'll send my child my last good smile
Between the cracks and hollows
The earth is good the earth is good
Between the cracks and hollows
The earth is good the earth is good
Lay down lay down lay down for me
Lay down lay down lay down with me
When I'm gone wait here
Discover all of lifes surprises
When I'm gone wait here
I'll send my child my last good bye
hey embrace me someone's gonna suffer
Lay lay lay it on lay lay lay it on me
Someone hey embrace me someone's gonna suffer
Sweet dreams my angel at last good bye
Sweet dreams

WHO AM I ???

A minha foto
Wait until the war is over And we're both a little older The unknown soldier